clark_little_photo_galery

 

Clark Little, de 39 anos, começou a fazer as imagens depois que sua mulher manifestou o desejo de ter uma foto para decorar a casa do casal, no Havaí.

Há dois anos, ele vive do dinheiro que ganha com a venda das fotos.

 

"O mar é minha segunda casa e eu amo o que faço", disse Little à BBC Brasil. "Não existe para mim aquela sensação de encarar o trabalho como uma obrigação."

O fotógrafo conta que, para obter as melhores imagens, ele utiliza uma câmera capaz de obter até dez fotos por segundo.

 
As ondas que ele encara variam entre 90 cm e 4,5 m.

 

Muitas vezes, ele chegou a ser arremessado a até 10 m de distância de sua localização original.

 

"Sempre existe um risco para mim, por conta da força e tamanho das ondas. Mas minha experiência como surfista me deixa à vontade para encarar as ondas sem medo", afirmou.

 

Se você como eu não tem coragem de enfrentar as ondas gigantes por uma fotografia perfeita dessas (nem grana pra comprar a máquina) veja algumas que separei, caso queira uma foto pode comprar no site oficial Clark Little.

 

São milhares delas, perfeitas! Esse mundo não está totalmente perdido, existem pessoas que admiram a natureza, protege, cuida e ainda ganha dinheiro com ela. \o/

 

Manhêeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee quero ir pro Havaí!

 

clark_little_fotos_mundo

 

clark_little_fotos_galeria

 

clark_little_paisagem_fotos

 

clark_little_ondas_do_mar

 

clark_little_fotos_galeria_ondas

 

clark_little_fotos_ondas

 

Ótimo fim de semana para todos!